técnica de atrair cliques

Clickbait: entenda o que é e saiba se vale a pena usar

Você sabe o que é Clickbait? Certamente, você sabe o que é, mesmo que o nome não seja tão conhecido assim. Imagine que você está navegando e se depara com o seguinte título “eu pensei que isso não funcionava para emagrecer, mas testei e tudo mudou”. 

 Certamente, você vai ficar curioso para saber o que é o “isso” que o título está falando. E vai acabar clicando no link para saber mais sobre o assunto. Isso é clickbait. Basicamente, clickbait significa “iscas de cliques”. 

O autor faz um título que gera a curiosidade de quem está vendo para que a pessoa clique e saiba mais. Porém, será que o clickbait é o mocinho ou o vilão do marketing digital? É isto que vamos saber ao longo deste artigo. Prossiga com a leitura para saber mais. 

O que é Clickbait?

Clickbait é uma tática utilizada para chamar a atenção do usuário para determinado post, artigo ou vídeo, por exemplo. O clickbait pode ser um título, uma imagem chamativa, uma thumbnail e etc. É algo que desperta a curiosidade do usuário. 

Porém, não é todo mundo que sabe usar o clickbait e ao invés de ajudar, ele pode acabar atrapalhando. Não entendeu? Eu explico. Imagine que você viu o seguinte título da internet “Essa foi a tsunami que acabou com a vida de centenas de pessoas”. 

E quando abriu para ver, não passava de uma simples onda do mar. Você foi enganado, abriu a página por curiosidade e o título distorcia totalmente a real história. É por isso que nem sempre o clickbait é visto como algo positivo. 

Por ter pessoas que o usam de forma errônea apenas para gerar cliques para o seu site. Essas são as famosas matérias sensacionalistas e tendenciosas. São criadas apenas para atrair cliques e nada mais. 

Então o clickbait não funciona?

Agora que você já sabe o que é clickbait, deve estar confuso achando que ele não funciona e que é algo negativo. Mas não é bem assim. Sabendo usá-lo da forma certa, ele pode ser uma excelente estratégia para seus posts. 

O segredo é passar a informação correta para o seu cliente. O título pode até ser chamativo e incentivar o clique, mas não deve ser sensacionalista e mentiroso. Existem algumas formas de saber se o clickbait funciona mesmo: 

  • Ele funciona se os usuários que clicarem no link lerem o post todo; 
  • Se a quantidade que clica no link e comenta é proporcional ao número de compartilhamentos; 
  • Se existe um número correspondente de links e likes para um certo artigo. 

Vale ressaltar que o Google usa técnicas para punir quem usa clickbait nos seus artigos. Sendo assim, não é recomendado buscar visitas orgânicas por meio da técnica. 

clickbait o que e


Exemplos de clickbait para não ser enganado 

Certamente, agora que você sabe o que é clickbait, está querendo conhecer exemplos para não usar ou não ser enganado. Porém, antes de falar sobre eles, é importante que você conheça algumas técnicas usadas por quem produz esse tipo de conteúdo: 

  • Uso frequente e constante de pontos de exclamação;
  • Expressões como “você não vai acreditar”; 
  • Criação de um senso de urgência no título; 
  • Uso de imagens que deixam a pessoa curiosa, mas que não dizem muita coisa. 

Vamos então aos exemplos de clickbait?

Primeiro exemplo: “Vamos te ensinar, de uma vez por todas, a misturar água e óleo”. 

Sério, na prática, isso não funciona. Então é óbvio que é apenas mais uma propaganda enganosa. Porém, quem não entende do assunto pode acabar clicando. Esse tipo de clickbait é usado na técnica do “vai que cola”. 

Segundo exemplo: “Bolsa com 90% de desconto até às 14h!!!”. 

Uaaau! Que super desconto. Daí você entra no site e percebe que precisa comprar mais 2 bolsas para ganhar os 90% de desconto. E cada uma custa bem caro. Nesse caso, o clickbait não chega a ser uma mentira, mas exige outras ações para que você usufrua dele. 

Então, conteúdo ainda é importante?

Certamente que sim! Você pode até usar o clickbait, desde que não seja apenas para atrair clicks para o seu site. Até porque, de que adianta atrair esse tipo de click se a pessoa não vai ficar interessada depois?

É preciso que você atraia clientes que você possa fidelizar. E é por isso que o conteúdo continua sendo fundamental. É o conteúdo que fará o cliente entrar no seu site e permanecer ali. Ele consumirá materiais, caminhando para estágios finais da venda. 

Por isso, por mais que seja algo atrativo, é preciso ter cuidado na hora de investir nos clickbaits. O recomendado é que você seja autêntico e criativo. Produza materiais que eleve o engajamento da sua página e não deixe nunca de interagir com o seu público. 

Espero que você tenha entendido o que é clickbait, como usá-lo corretamente e quais técnicas não devem ser deixadas de lado. Agora é com você! Fazendo tudo corretamente, certamente o seu público irá aumentar