Hacks de pesquisa no Google: conheça estas dicas para otimizar a sua busca

Quem não sabe como fazer uma boa pesquisa no Google? É igual cozinhar: todo mundo jura que sabe a melhor receita de todas. Especialmente levando em conta que são feitas 35 mil buscas por segundo na plataforma.

 

No entanto, se todo mundo diz que sabe a melhor receita, mas elas são todas diferentes, então é seguro afirmar que, na verdade, nem todas as “melhores receitas” são tão boas assim, não é mesmo?

Por isso, nós listamos a seguir os principais hacks de pesquisa no Google para que você possa otimizar as suas buscas e encontrar exatamente o que quer. Confira quais são as dicas a seguir!

Pesquise dentro de um site com o site:

Um dos hacks mais interessantes que você pode usar é o site:, um comando que permite que você possa buscar determinadas palavras-chaves de algum portal na Internet.

Isso é extremamente útil quando o site não tem um comando de busca eficiente (ou seja, não é possível encontrar o que você busca nele com facilidade) ou sequer tem uma ferramenta de busca interna.

Para usá-lo, é muito simples. Basta escrever "site:" e o domínio que você pretende buscar. Por exemplo: "site:dominioquequerobuscar.com/blog".

Se quiser, pode incrementar a busca colocando a palavra-chave que quiser depois. Por exemplo: "site:dominioquequerobuscar.com/blog hacks de pesquisa no Google".

Essa é uma ferramenta especialmente útil para quem trabalha com otimização SEO, pois permite encontrar todas as páginas do domínio listadas no Google e começar a otimizar o conteúdo a partir disso.

Refine a pesquisa no Google por data

O Google já funciona há muitos anos e existem sites com décadas de conteúdo publicado no Brasil e no mundo inteiro. É possível, por exemplo, ler notícias em sites de grandes jornais que foram publicadas em 2003, 2004. É muito conteúdo.

Por isso, é possível que você encontre resultados desatualizados na sua pesquisa no Google. Para corrigir esse erro, basta ir no menu que aparece embaixo do campo de busca e selecionar a opção Ferramentas.

Um submenu abrirá com as opções:

  • Em qualquer idioma - permite que você busque pela palavra-chave em sites com idiomas específicos;
  • Em qualquer data - permite que você filtre a pesquisa por data.

Essa segunda opção é extremamente útil se você quer buscar por algo que seja mais atual, especialmente em assuntos em que há mudança constante do conteúdo (como leis) ou quer buscar pesquisas e estudos mais recentes.

Faça pesquisa no Google por termos no título do conteúdo

Para ajudar a garantir que você encontrará exatamente o conteúdo que procura no Google, você poderá usar o operador intitle:, que entrega apenas resultados que tenham o termo procurado no seu título.

Dessa forma, você consegue filtrar e retirar da pesquisa textos e artigos que são relacionados à palavra-chave que você buscou, mas não são exatamente o que você quer. Isso é especialmente útil quando pesquisamos por termos amplos demais.

Para usá-lo é bem simples. Basta digitar"intitle:" e o termo que você quer. Por exemplo: "intitle:hacks de pesquisa no Google".

“Este tipo de pesquisa é muito útil e sempre procuramos inovar aqui na agência para otimizar nosso trabalho de otimização e pesquisa.”, comenta Rodrigo Filardi, consultor SEO na The Key SEO.

Vale lembrar que a palavra-chave tem que estar grudada no operador. Além disso, se você quiser a correspondência exata, deve usar aspas. Ficaria assim:

  • intitle:"hacks de pesquisa no Google".

Exclua palavras-chaves negativas do seu conteúdo

Digamos que você seja fã de Star Wars e queira buscar por novidades sobre os próximos livros da saga. No entanto, você digita "star wars novidades" mas tudo que aparece são notícias sobre os filmes da série.

Uma maneira fácil de otimizar essa busca é ao excluir determinadas palavras-chave da sua busca. Para isso, basta colocar o sinal de menos (-) e o termo que você quer tirar da sua pesquisa. Por exemplo: "star wars novidades -filmes".

Busque por formatos específicos de mídia no Google

Às vezes, nós buscamos por algum resultado em um formato específico. Pode ser o PDF de um estudo que você lembra de ter visto, mas não sabe onde. Em outros casos, você viu uma palestra e o apresentador prometeu que os slides do conteúdo estarão disponíveis na Internet.

Seja como for, quando quiser fazer uma pesquisa no Google por algum formato de mídia específico, você pode usar o operador filetype:.

Esse comando ajuda a filtrar o resultado só por páginas que sejam compostas pelo formato que você deseja. Os formatos mais usados são:

  • filetype:docx para documentos do Word;
  • filetype:pdf para páginas em PDF;
  • filetype:xlsx para planilhas do Excel;
  • filetype:pptx para slides de PowerPoint;
  • fileype:txt para documentos do Bloco de Notas.

Sua busca por um estudo sobre os efeitos da maçã na nutrição de crianças ficaria assim: "efeitos da maçã na nutrição de crianças filetype:pdf". Já se você quer os slides de uma palestra sobre motivação, seria "palestra motivacional filetype:pptx".

Por fim, vale lembrar que você pode usar todos esses operadores ao mesmo tempo em uma busca super complexa e específica. Eles são compatíveis entre si e funcionam muito bem em conjunto.

E aí, aprendeu como fazer boas pesquisas no Google? Agora você se tornará um mago das buscas e conseguirá encontrar exatamente o que procura sem nenhuma dificuldade.

Você já conhecia esses operadores do Google? Então comente abaixo com outras dicas e operadores que você usa!