Links patrocinados: o que são e como se diferenciam do SEO

Links patrocinados: o que são e como se diferenciam do SEO

O SEO e links patrocinados são excelentes estratégias para quem busca crescimento do tráfego do seu site e conversão. Mas você sabe qual a diferença entre eles? Confira nosso post e entenda o que são links patrocinados e como se diferenciam do SEO.

O Google processa, em média, mais de 40.000 consultas de pesquisa a cada segundo, traduzindo mais de 3,5 bilhões de buscas diárias e 1,2 trilhões de pesquisas anuais em todo o mundo, de acordo com dados da Internet Live Stats.

E sua empresa, está sabendo utilizar isso a favor dela?

Com a ajuda de estratégias de Marketing Digital, como o SEO  (Search Engine Optimization) e os links patrocinados, por exemplo, a sua empresa pode atrair maior tráfego e conversão para seu site ou página de produtos/serviços. Entenda um pouco mais sobre o assunto:

O que são links patrocinados?

Links patrocinados são um tipo de publicidade, em forma de texto, que aparecem nas páginas de resultados de pesquisa quando o usuário busca por termos específicos. Se os termos coincidirem com as palavras-chave pagas pelo anunciante, o link patrocinado aparecerá nos resultados da pesquisa, normalmente no topo e no final da página, identificados como anúncio.

Sua aparência visual é idêntica a dos resultados orgânicos da pesquisa: são compostos exclusivamente de texto, com um título, uma descrição e um URL de destino, que geralmente é o site do anunciante.

links patrocinados

Como funcionam os links patrocinados

Os links patrocinados do Google funcionam, basicamente, como um leilão de palavras-chave, que levam em consideração fatores como o valor do lance, o índice de qualidade dos seus anúncios e a relevância da palavra-chave.

Os anunciantes colocam créditos na campanha, que são descontados conforme pré-estabelecido nas configurações, que podem ser por:

- CPC (custo por clique): o valor é descontado a cada clique no link;

- CPM (custo por mil impressões): quando o anúncio atinge mil visualizações, ou impressões, o anunciante paga;

- CPA (custo por ação): é cobrado quando o usuário realiza alguma ação no site do anunciante;

- CPV (custo por visualização): para cada pessoa que ver o anúncio, é pago um valor.

Lembrando que os valores pagos dependem do modelo e da palavra-chave/segmento escolhidos pelo anunciante, cada um com suas vantagens e características. E o investimento mensal, por sua vez, depende do bolso do anunciante.

Principais diferenças entre links patrocinados x SEO

Em suma, com os links patrocinados você paga para aparecer em um local privilegiado no Google. O anunciante “aluga” um espaço e quando deixa de pagar, deixa de aparecer.

Diferente do SEO, em que é realizado um conjunto de ações em um site (on-page e off-page), com o objetivo que ele ganhe posições até chegar ao topo da página, de forma orgânica, e se mantenha ali. Você não paga nada para o Google, é como se o site conquistasse o lugar, portanto, também é mais trabalhoso.

Outra diferença entre os dois está no tempo: por demandar de mais trabalho, o SEO é um projeto a ser desenvolvido de médio à longo prazo, e pode levar de seis meses  a um ano (dependendo do segmento) para ter resultados expressivos. Já os links patrocinados aparecem em questão de minutos, assim que publicar a campanha.

Quando o assunto é investimento, os links patrocinados e SEO também têm diferença. Os links patrocinados costumam necessitar de maior investimento mensal, visto que é um leilão de palavras-chave.

O SEO, por sua vez, costuma sair mais em conta, pois não é pago diretamente para o Google. Se já tiver conhecimento sobre o assunto e know how, pode fazer você mesmo, sem gastar nadinha. 

Mas se essa não for a sua área, você pode contratar um especialista ou uma agência especializada em SEO, que geralmente cobram um valor fixo de mensalidade, normalmente mais baixos que investimentos no Google, por exemplo.

SEO e links patrocinados: complementares?

As estratégias podem trazer resultados ainda melhores se trabalhadas de forma complementar. Se a empresa tiver a possibilidade de investir tanto em links patrocinados, quanto em SEO, isso fará a marca ter uma presença ainda mais forte em ambos os lugares da página e, consequentemente, ter maiores resultados.

E você, quais estratégias utiliza hoje para trazer tráfego para o site da sua empresa? Compartilhe com a gente nos comentários!

Se ficou com mais alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato com a gente.