Otimizações On Page: saiba o que você deve fazer para otimizar seu site

Muitos desejam alcançar as primeiras posições do Google com os seus sites. Mas apenas quem realiza otimizações on-page, consegue esse resultado. Não basta apenas utilizar as palavras-chave, para saber quais as otimizações confira esse artigo completo.

Para ter sucesso com um site seja para a sua empresa ou outras finalidades, não basta apenas que ele esteja “no ar”. É preciso realizar algumas estratégias com o principal objetivo, de que ele seja otimizado para o Google. No artigo de hoje vamos falar sobre otimizações On Page: saiba o que você deve fazer para otimizar seu site.

Uma página que é otimizada para o Google, consegue aumentar consideravelmente o tráfego orgânico, conquistando os melhores resultados principalmente, para as estratégias de SEO.

Confira agora quais são as principais otimizações On-Page que devem ser realizadas, para melhorar a sua estratégia nos meios digitais.

E se você precisa entender um pouco mais sobre o que é SEO, pode conferir um artigo exclusivo sobre o assunto em nosso blog.

Aumentando o tráfego orgânico, a partir da Otimização OnPage

Seja para um site institucional, loja virtual ou mesmo para um blog pessoal, se você tem o desejo de conquistar as primeiras posições do Google, mais do que utilizar a palavra-chave na página, é preciso realizar algumas otimizações.

De forma frequente o Google realiza algumas atualizações nos mecanismos, e é preciso estar atento a essas informações até mesmo, para a otimização ser realizada de forma adequada.

Lembre-se que existe, diferenças entre o SEO On-page e o SEO Off-Page. No caso das otimizações On-page, são todas as atividades realizadas na sua própria página, sem ser necessário utilizar de estratégias externas.

Confira abaixo e já se programe para realizar essas otimizações em seu site.

otimização on page google

Título da página

A “title” como também pode ser chamada, é um dos itens mais importantes quando falamos em otimização.

Não basta apenas colocar o título do artigo do seu blog ou ainda, o assunto do qual se trata a página. É preciso além de utilizar as keywors, fazer com que o título seja realmente atrativo, despertando o interesse e a curiosidade, para o usuário acessar a sua página.

Segundo informado pelo blog Resultados Digitais, as principais regras que devem ser levadas em consideração para elaborar o título da página, são:

  • Um título por página;
  • Título que diga respeito ao assunto da página;
  • Conter a palavra-chave principal;
  • Evitar muitas virgulas.

No momento de elaborar um título, lembre-se de verificar esses pontos que são de grande importância e podem fazer uma incrível diferença na sua página.

Meta description

É conhecido como uma introdução ou breve explicação sobre o que será abordado na página.

A intenção desse pequeno parágrafo é apresentar ao usuário qual o assunto da página até mesmo, para convencê-lo a clicar nesse link e conferir o conteúdo da página.

Para elaborar a meta-description da sua página, é preciso que seja feita de forma chamativa, atrativa e principalmente, demonstrando que nessa página, o usuário poderá encontrar a solução para um determinado problema.

Utilize landing pages para ajudar na otimização

Uma landing page pode ter objetivos dos mais diversos possíveis e é sem dúvida, uma excelente ferramenta para ser utilizada em uma estratégia de marketing digital.

Além disso, ela também consegue ajudar nas otimizações de páginas online. Essas modalidades de páginas, ajudam a direcionar o tráfego dos visitantes, gerar links e também autoridade para a sua marca.

URL

A URL é o endereço ao qual o navegador irá conduzir o visitante, para acessar uma determinada página. E esse endereço, também pode ser otimizado.

O mais indicado, é ter URL com os objetivos e termos que sejam claros, além de sempre ser utilizado os principais termos que são identificados em busca de palavra-chave, para aumentar as chances do ranqueamento.

Dentre as diferentes estratégias e atualizações informadas pelo Google, esse é um dos principais pontos que a ferramenta de busca mais valoriza e por tanto, não esqueça de alterar em seu site, se a URL ainda não está otimizada.

Mais do que otimizada a URL correta pode ajudar até mesmo na estratégia de Breadcrumbs, dentro do seu site.

Conteúdo de qualidade

Quando falamos em conteúdo de qualidade, para muitos é mais fácil pensar em artigos densos e longos, para explicar um determinado tema.

Na verdade, o conteúdo de qualidade na web e especialmente, pensando na otimização e fatores de ranqueamento deve acima de tudo, ser produzido pensando na intenção e necessidade do usuário.

De nada irá adiantar um texto de 5.000 palavras, se não conseguir responder à uma determinada necessidade.

Da mesma forma que um texto de 500 palavras, pode não ter sido feito nem mesmo com o mínimo de qualidades.

Por tanto, é preciso acima de tudo ter um equilíbrio. A quantidade de palavras pode nem sempre ser o fator mais importante. No entanto, é preciso que a qualidade do conteúdo seja elevada e sempre, atendendo a necessidade do usuário.

A pesquisa pode ser sobre uma doença, produto, serviço ou outros assuntos, que a pessoa tenha interesse em conferir. Se conseguir atingir esse objetivo poderá ser considerado como um conteúdo de qualidade.

E não apenas as páginas de produtos como lojas online ou mesmo os blogs, podem ser produzidos com conteúdo de qualidade elevada. Até mesmo as páginas institucionais e que apresentem os serviços realizados por determinada empresa, podem ser pequenos textos, mas que consigam apresentar as informações necessárias.

Textos com coerência, bem escritos, fáceis de serem entendidos, com pequenos parágrafos são algumas das práticas importantes e que devem ser levadas em conta para conseguir otimizar o conteúdo e assim, conquistar um melhor ranqueamento. E claro, não se esqueça de utilizar as palavras-chave de forma estratégica, em qualquer conteúdo que for produzir.

Dentro de uma página até mesmo o menu, pode ser estruturado de forma que seja otimizado com os termos principais.

Imagens

As imagens que são utilizadas para a confecção e criação de uma página, possuem grande importância para o visual e experiência do usuário, ao acessar uma determinada página.

Fora o visual também é um dos elementos, que pode melhorar a otimização on-page, proporcionando melhores fatores e ranqueamento.

Para isso é preciso que as imagens contenham o nome do arquivo, em que pode ser trabalhado também os termos principais utilizados como keywords, o texto alternativo (alt tex) para o caso da imagem não carregar, por qualquer que seja o motivo.

Assim como falamos sobre as URLs, no caso das imagens também é importante e faz toa a diferença, os arquivos que tenham nomes simples, claros e diretos.

Além desses dois fatores é importante que sejam avaliados o tamanho o arquivo, para que a página não fique muito pesada o que pode prejudicar o tempo de carregamento  e o contexto da imagem.

Especialmente para os sites de empresas o mais indicado é utilizar fotos que sejam condizentes com o seu segmento e principalmente, com a atuação da sua empresa, para ilustrar os serviços realizados ou produtos vendidos.

Headings

Segundo os especialistas a área de marketing digital, os Headings, são considerados verdadeiros pilares para o SEO.

Os códigos mais conhecidos <h1>,<h2>,<h3> determinam títulos e subtítulos da página, indicando qual é a prioridade até mesmo dos assuntos da página.

H1 pode ser indicado para o título da página e códigos como h2 e h3, para subtítulos, indicando assim qual é a hierarquia de informações dentro de um site.

A palavra-chave é um dos principais itens que precisa ser trabalhado para proporcionar a otimização On Page e claro, deve ser trabalhada também dentre os códigos citados acima.

Com a realização dessas otimizações de forma correta, você terá um aumento considerável de tráfego para o seu site, sem que seja necessário investir em anúncios.